Responsabilidade Social


A Fenabel considera que as suas ações têm consequências e sente a necessidade de dar algo aos outros ao mesmo tempo que constrói o seu sucesso.       A estratégia de responsabilidade social da Fenabel tem por objetivo maximizar os impactos positivos da atividade da Fenabel, não só para promover o bem-estar dos seus funcionários, como também para contribuir para a prosperidade da comunidade. A Fenabel aderiu a diversos projetos de responsabilidade social como, por exemplo, a doação de maquinaria para o projeto “Uma fábrica para Timor Leste”, a doação de produtos para instituições de caridade como, por exemplo, a “Mão Solidária”, a loja social e a “Associação Remar”, a participação como parceiro fundador da “Instituição EPIS” e a contribuição para causas sociais como, por exemplo, a Liga Portuguesa Contra o Cancro. Para de contribuir para uma causa maior, a empresa também apoia instituições como o IPO (Instituto Português de Oncologia), a Fundação José Saramago (Casa dos Bicos), o centro social da cidade de Baltar ou o corpo de bombeiros de Rebordosa, entre outras causas.

No primeiro ano, a Fenabel criou a cadeira OASIS, em parceria com o designer Paollo Rizzatto e a inspiração para este modelo foi a famosa cantora brasileira Maria Bethânia. Foram produzidas apenas cinco peças para este “evento internacional que promove o design e a criatividade contemporânea” e que tem como objetivo contribuir para as Nações Unidas. Na edição de 2012, estas cadeiras foram leiloadas pela Christie’s e o dinheiro foi doado para apoiar projetos educativos e missões humanitárias em África (€ 111 500). Este ano a Fenabel foi novamente convidada pelas autoridades do governo português para participar nos duetos e já produziu uma cadeira, um modelo exclusivo do qual existem apenas 5 peças, desta vez inspirada no jogador de futebol Diego Maradona e desenhada pelo designer português Pedro Sottomayor. Uma dessas cadeiras será oferecido a esta personalidade inspiradora e outra será leiloada na esperança de que os seus proventos possam, mais uma vez, ajudar os mais necessitados.                       Acreditamos que a ajuda ao próximo deverá fazer parte no ADN de todas as empresas de sucesso.

 

Scroll To Top